A humanidade existe há milênios e, até hoje, existem  coisas inexplicáveis para a ciência . Veja alguns  fatos curiosos e incríveis , que ...

10 Mistérios inexplicáveis pela ciência

A humanidade existe há milênios e, até hoje, existem coisas inexplicáveis para a ciência. Veja alguns fatos curiosos e incríveis, que além de deixar a ciência sem palavras, deixará você de boca aberta.

Confira dez mistérios que a ciência não consegue explicar:



 Pedras de Puma Punku

Na Bolívia, há um grande complexo de templos que inclui pedras perfeitamente convergentes da civilização Inca. As tradições incas creem que este seja o local de onde o mundo foi criado. Os encaixes e emendas dessas pedras são tão precisos que só poderia ter sido feito com auxílio de corte a laser, mas como fizeram isso há tantos séculos atrás? Esse fato é desconhecido, e ninguém sabe como isso foi construído há muito tempo.




Bateria de Bagdá

Estes vasos de terracota foram criados na Mesopotâmia e parecem ter cobre e ferro no interior, criando uma bateria básica se houvesse eletrólitos presentes. Mas como eles fizeram isso durante a antiga dinastia Pártia?




Fósseis de dinossauros e de humanos juntos 

Embora muitos desses fósseis foram provados como falsificados, há algumas amostras de pegadas fósseis de humanos e dinossauros encontrados juntas, na mesma camada de rocha antiga, que são um mistério. Se eles fossem reais, isso iria perturbar a teoria da evolução.



 Crânios de cristal

Estas são esculturas feitas de quartzo claro ou branco e são supostamente artefatos mesoamericanos pré-colombianos (asteca ou civilizações maias). Não há marcas de esculturas rudimentares, o que torna difícil determinar se eles realmente são artefatos antigos ... e segundo a mitologia local antiga, eles possuem poderes. 





 Antigas Máquinas Voadoras

Estes pequenos modelos retratam pequenas embarcações voadoras ou aviões. No entanto, o primeiro vôo não foi realizado antes da década de 1780. Então como é que as civilizações antigas saberiam o suficiente sobre o vôo para fazer modelos e esboços de máquinas voadoras?



A Colina Magnética de Ladakh

Você já ouviu falar de um lugar na terra que desafia a gravidade? inacreditável, não é? Entre o Himalaia e os vales de prata, em Ladakh, na Índia, existe uma colina magnética onde um veículo se move para cima de uma colina íngreme, mesmo com a sua ignição desligada. A Colina Magnética ou Colina da Gravidade está situada a uma distância de 30 km da capital Leh e está localizada na estrada nacional Leh-Kargil-Baltik, a uma altura de mais de 4 mil metros acima do nível do mar.



Radioatividade altíssima encontrada em cidades antiga

Em Harrapa e Mohenjo-Daro, os níveis de radiação nas ruínas são tão altos que as pessoas acreditam que uma explosão de bomba atômica ocorreu por volta de 1500 aC, e que essa explosão teria matado a população. As teorias estão cheias de pseudociência, mas as pessoas ainda discutem sobre ela.



O Manuscrito de Voynich

Isto foi provado como um manuscrito autêntico da Idade Média, mas ninguém foi capaz de decifrá-lo com precisão. Acredita-se que seja um livro de medicina, no entanto, isso tornou-se um dos casos mais famosos da história da criptografia.



O Mecanismo de Antikythera

Este mecanismo do período helenístico é um antigo "computador" analógico que foi projetado para prever posições astronômicas e eclipses. O mistério em torno dele equipamento é que nada tão complexo assim foi feito até séculos mais tarde. O que aconteceu com a tecnologia?








Triângulo das Bermudas

Ao longo dos séculos passados, muitos navios e aviões desapareceram ou se envolveram em acidentes fatais na área triangular no Atlântico conhecida como Triângulo das Bermudas. Em vários casos, não foram encontrados destroços e nem indícios dos navios e aeronaves após os desaparecimentos, mesmo depois de terem sido feitas as operações minuciosas de busca em torno da área do oceano onde tais acidentes ocorreram.

Gostou? então clique aqui e curta a página do blog! (=

Compartilhe!

Se gostou, por favor, deixa uma curtida! (=





Compartilhe este artigo!