Lista elege as cinco praias mais incríveis do mundo, mas não somente por suas belezas e, sim, por elas serem diferentes de qualquer outra existente no mundo. Conheça essas cinco praias únicas e peculiares. Curta também nossa página: Foca na Folga!


As 5 praias mais incríveis do mundo


Ponto de encontro dos surfistas no verão, a Ilha do mel é um paraíso à parte para quem busca tranquilidade, seja durante o calor ou mesmo no inverno, em suas águas azuis e sua natureza exuberante. Ideal para turistas que têm o desejo de sair da rotina da cidade e se encontrar com um momento de paz.

Conheça um paraíso chamado Ilha do Mel



Não é à toa que Kalavantin Durg é considerado o forte mais perigoso do mundo. Afinal, enfrentam-se vários riscos ao longo do seu caminho, contudo, o topo oferece uma vista incrível! (Veja no vídeo abaixo).

Kalavantin Durg: o forte mais perigoso do mundo


Resolveu largar tudo e cair na estrada, só não sabe quando vai fazer isso porque aquele frio na barriga, aquela voz na cabeça diz "não faça isso"? Bem, isso é mais do que normal.

Começar uma experiência nova que envolva sair da nossa zona de conforto é um pouco difícil no começo, já que exige um pouco de coragem e planejamento. Provavelmente você já tem tudo em mente, onde vai e quando é a melhor época, porém ainda tem receio, não é? Porém se você esperar o momento certo para fazer algo novo, você nunca o fará. Pé na estrada!

O que todo mochileiro de primeira viagem precisa saber

Para quem ama praia, seja nativo ou gringo, o Brasil é um verdadeiro paraíso. Em temporadas de férias, mesmo que estejam cheias, as praias brasileiras, que em grande maioria são paradisíacas, são um convite e tanto para quem conseguiu um tempinho para relaxar. E em meio de tantas opções de praias, algumas são mais requisitadas e disputadas, já que algumas têm limite diário de visitação para garantir a preservação do local.


Conheça as 10 praias mais procuradas do Brasil

Como já falamos neste post, a Rússia tem muitas atrações turísticas que valem a pena serem incluídas no seu roteiro de viagem. Outros lugares que você com certeza deve visitar são os estádios da Copa do Mundo, que ficarão como legado após o fim do mundial. 

Conheça os doze estádios:

Conheça os 12 estádios da Copa do Mundo na Rússia

Não é só a Copa do Mundo que atrairá milhares de turistas para a Rússia em 2018. O turismo lá teve um grande aumento desde o fim da antiga União Soviética, em 1991. 

E se você está planejando ir para lá para ver os jogos da Copa, ou se está lendo isso no futuro, você vai gostar de conhecer os pontos turísticos do país antes de sair de casa para se planejar. 

Confira alguns lugares cujo turismo está mais concentrado:

Conheça os principais pontos turísticos da Rússia e os estádios da Copa 2018


San Blas é um arquipélago localizado no Caribe Panamenho, que possui uma água azul-turquesa super cristalina. Com 365 ilhas paradisíacas que contam com cabanas, coqueiro e tudo o que um lugar incrível como este pode ter, você pode passar um ano todo conhecendo as ilhas sem precisar repetir nenhuma.

San Blas, um paraíso no Panamá


O chamado Great Blue Hole (ou Grande Buraco Azul) parece uma passagem marítima que dá acesso a uma outra dimensão, em uma imagem que poderia muito bem fazer parte de um filme de ficção científica. Trata-se de um buraco no meio do oceano visitado por turistas que estão em Belize (um pequeno e paradisíaco país da América Central) e que, hoje, pode ser visto em passeios de barco e explorado em sessões de mergulho.


Conheça o Grande Buraco Azul, no Mar de Belize


Paulo Afonso é uma cidade do extremo norte da Bahia, cortada pelo Rio São Francisco, que oferece vários atrativos naturais, destacando-se o Cânion do Rio São Francisco, a Reserva Ecológica do Raso da Catarina, a Serra do Umbuzeiro e o Cânion do São Francisco.

Paulo Afonso, Bahia: várias surpresas no sertão


Para os amantes da natureza, esse Estado é um espetáculo à parte. Praticamente todo mundo sabe que encontrará por lá o Rio Amazonas, que é o maior e mais largo rio do mundo e claro, a floresta Amazônica. Mas não é só isso...

Amazonas: muito mais que um rio


Todo mundo ama viajar, seja de carro, ônibus, avião, bike, mochilão ou até mesmo fazendo trajetos cem por cento a pé. Todo mundo sonha ir em algum lugar, seja para uma praia paradisíaca, uma bela cachoeira, um país que tanto quer conhecer ou mesmo sair por aí sem rumo. O que importa mesmo é o que cada viagem dessa nos deixa na memória, uma vez que as lembranças e experiências não podem nunca serem apagadas e isso nos faz mais feliz, já que toda vez que lembrarmos do lugar, vamos soltar aquele sorriso de satisfação. E quando falamos de lembrança e de algo que vai durar para sempre, lembramos também de tatuagens. Muita gente está eternizando as suas experiências na pele, para que nunca esqueçam de cada momento que viveram. Que tal juntar duas paixões você também?

15 tatuagens inspiradas em viagens


Se você está planejando fazer um mochilão e visitar nossos hermanos, então, antes de continuar com os preparativos, é mais do que necessário parar uns instantes e saber que documentos são utilizados para entrar no país vizinho. Para começar, os turistas brasileiros não precisam de visto para ingressar em solo argentino. Os documentos para viajar à Argentina são somente dois: RG ou Passaporte. Não são aceitos como documentos de viagem nem a Carteira de Motorista (CNH) nem a Certidão de Nascimento.

O que é preciso para entrar na Argentina?

Até parece uma disputa de religiões com esses nomes, não é? Mas saiba que não tem nada a ver com isso. Apesar da Cachoeira de Meu Deus ficar pertinho da Caverna do Diabo, os nomes não têm a ver com coisas sobrenaturais, muito menos com questões religiosas, mas, sim, com a beleza extraordinária da natureza local.

Cachoeira de Meu Deus: pertinho da Caverna do Diabo


Para quem não a conhece, Aracaju é capital do Estado de Sergipe, e, apesar de ser a menos populosa das capitais nordestinas, sua localização é um importante ponto estratégico no que diz respeito a centro urbano, econômico, cultural e político para o país.
Algumas curiosidades
Aracaju é a capital com menor desigualdade do Nordeste. Com hábitos de vida mais saudáveis do país, ciclovias conservadas, com projetos de deslocamento urbano e considerada a capital do país com menor índice de fumantes, é um lugar para se viver bem.
A capital de Sergipe também é considerada uma das mais baratas para se viver, tendo focado mais recentemente suas ações turísticas na criação de alojamentos coletivos de qualidade, tais como os mundialmente conhecidos hostels.

Origem do nome
O nome "Aracaju" pode ter origem no termo tupi arákaîu, que significa "cajueiro das araras" (ará, arara + akaîu, cajueiro) traduzido diretamente do tupi é cajueiro das araras.
Conta-se que antigamente, onde hoje está a Avenida Ivo do Prado, era a Rua da Aurora, rua que serviu de base para que se projetassem todas as outras do centro da cidade, onde hoje também se encontra a praça Olímpio Campos, ou praça da Catedral. Nessa rua, havia vários cajueiros em toda a sua extensão e alguns papagaios e araras pousavam nos galhos para comer e descansar. Desse fato, temos a visão de onde surgiu o nome Aracaju (ara= arara ; caju= cajueiro). 

Praia de Atalaia
A Praia de Atalaia possui mar agitado, sendo muito procurada por surfistas. Sua orla de areia grossa atrai dia e noite moradores e visitantes, não é por acaso. Com uma das melhores infraestruturas de Sergipe, Atalaia tem a orla mais completa para diversão e lazer. 
 
Com seis quilômetros de extensão, o local conta com o Centro de Arte e Cultura de Sergipe e, na época de São João, o local se transforma em uma vila inteira com muito forró e quitutes. Um pouco para frente está a sede do Projeto Tamar de preservação das tartarugas marinhas. Se você visitá-lo na hora do almoço dos bichinhos, você poderá ter a oportunidade de dar na boca a refeição do tubarão.


Museu da Gente Sergipana
O prédio foi construído em 1926 que hoje abriga o museu era conhecido na capital sergipana como Atheuzinho. Ele foi restaurado pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese), em parceria com o Governo do Estado. O museu ganhou o prêmio O Melhor da Arquitetura em 2012 e foi eleito a Atração do Ano em 2013. 
Inaugurado como museu em 2011, abriga um espaço multimídia de última geração, sendo comparado em pé de igualdade com grandes museus, como o Museu da Língua Portuguesa, de São Paulo.

O Museu se apresenta como o “primeiro museu de multimídia interativo do Norte e Nordeste”. Na entrada há uma mapa interativo do Estado de Sergipe,onde é possível ouvir o sotaque dos habitantes de cada região.

Parque da Cidade
Com muita natureza, o Parque da Cidade é utilizado pela população local para curtir momentos de lazer e fazer caminhadas. Como é uma região de montanha, se você quiser subir a pé para conhecer o parque todo, é importante ir bem disposto.
Além disso, o Parque da Cidade de Aracaju é um dos poucos pontos de mata atlântica preservada na cidade. Por isso a importância de se preservar tal região de Aracaju.
Um dos principais atrativos do parque é o teleférico, com um custo de aproximadamente R$ 16 (podendo sofrer alterações), proporciona uma vista completa do local. A vista da cidade, lá de cima, é muito bonita.
Praia da Caueira

Mais uma bela praia, localizada a apenas 30 quilômetros de Aracaju, já no município de Itaporanga d'Ajuda, onde o acesso à praia pode ser feito pela BR-101 ou atrvés da SE 438. É um lugar lindo, com belas praias e palmeiras, onde proporciona aos visitantes fins de tardes inesquecíveis.

Conte para nós as suas experiências!

Aracaju: bonita e bem cuidada