Existe um ditado que diz que, numa viagem, mais do que se preocupar em chegar ao destino é preciso aproveitar o caminho. Pois ele não po...

Costa australiana revela lindas praias paradisíacas


Existe um ditado que diz que, numa viagem, mais do que se preocupar em chegar ao destino é preciso aproveitar o caminho. Pois ele não poderia ser mais adequado no caso da Great Ocean Road, uma estrada à beira-mar que é uma das principais atrações turísticas da 
Austrália.




São 241 quilômetros de asfalto que serpenteia pela costa sudeste do país e revela, no trajeto, praias paradisíacas, penhascos monumentais e parques nacionais. A vegetação árida típica da região e os vários tons de azul e verde do mar completam o cenário.
Campings, mansões de veraneio e hotéis em balneários de surfistas são opções para passar a noite, mas também é possível fazer um passeio bate-volta de carro ou com agências de turismo, partindo principalmente de Melbourne, capital do estado de Victoria.
Essa é a alternativa escolhida por muitos turistas, que, mais do que conhecer as cidadezinhas costeiras, querem ver as atrações da estrada em si.
Entre elas, o conjunto de pedras conhecido como "Twelve Apostles" (Doze Apóstolos), situado no Parque Nacional Port Campbell. Escavadas pela erosão natural durante milhões de anos, essas formações calcárias de 45 metros de altura podem ser vistas a partir de passarelas e mirantes instalados na área.



Situadas no mar, na beira da areia, elas são rodeadas por falésias de 70 metros de altura.

Dentro do mesmo parque, a cerca de cinco minutos dali, fica outra atração que vale a parada: o Loch Ard Gorge, um desfiladeiro com uma praia paradisíaca.
Coalas e cangurus


No caminho entre Melbourne e Port Campbell, outro parque nacional chama a atenção dos turistas especialmente pela presença de alguns simpáticos habitantes: os coalas.

No Cape Otway National Park, basta prestar atenção nas árvores na beira da estrada para ver esses marsupiais que são um dos símbolos da Austrália. Quem tiver sorte também pode encontrar um ou outro canguru ao longo do caminho.
Calcula-se que a região receba em torno de 1,2 milhões de veículos e 7 milhões de turistas todos os anos.A Great Ocean Road liga os municípios de Torquay e Nelson. Entre as cidades de parada mais populares estão os balneários Apolo Bay e Lorne.
A estrada está em boas condições e tem muitas placas de sinalização. No caminho, há campings, banheiros e acostamentos em pontos estratégicos para quem quiser apreciar a vista.
Uma dica importante é levar casaco, já que, mesmo em épocas de calor, o vento nos mirantes e no alto de alguns penhascos é muito forte.

Por favor, reserve um segundo para curtir a nossa página! (não custa! Clica, vai!)
Guerra
Por sua história, a Great Ocean Road também é considerada um memorial de guerra – o maior existente no mundo, segundo algumas fontes. Ela foi construída na década de 1930 por mais de 3 mil soldados que haviam retornado da 1ª Guerra Mundial.
O trabalho, com pás e dinamite, era tão árduo que eles levaram 13 anos para construir apenas 64 quilômetros do caminho.
Compartilhe este artigo!

Se gostou, por favor, deixa uma curtida! (=





Compartilhe este artigo!